sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

o equilíbrio

por joaquim letria e copiado do sorumbático
AQUI HÁ TEMPOS dei por mim de lágrima no olho por causa de dois putos portugueses em São Petersburgo.
O Cristiano Ronaldo e o Mourinho valorizam incomen-suravelmente a imagem de Portugal. Ou seja, em vez de conhecidos por um País de corruptos e incompetentes, somos uma pátria de corruptos e incompetentes com dois dos melhores do mundo naquilo que fazem e que lhes dão grande projecção em todo o Mundo. Mas há outros, há mais.

Os dois putos que estupidamente me marejaram os olhos foram o André Lico, campeão do mundo de duplo mini-trampolim e André Fernandes, o terceiro também no podium, dois nos três melhores do mundo numa disciplina muito difícil. André Lico chorava convulsivamente e André Fernandes não sabia se havia de rir ou de chorar, ao escutarem a Portuguesa que um coro escasso mas apaixonado de outros ginastas reforçava.
Eu estava fora de Portugal, sozinho, num quarto de hotel e comovi-me. São putos destes que dão vitórias a Portugal e enchem de orgulho os seus compatriotas.

Aqueles putos são meus compatriotas. O pior é que os pilha-galinhas das escutas, dos desfalques, da corrupção, dos bancos, do governo e do parlamento também são. Uns orgulham-me, outros envergonham-me. A dificuldade está no equilíbrio.

«24 horas» de 15 de Dezembro de 2009

1 comentário:

Mónica - Diário da Cozinha disse...

Bom Ano Novo! Muita saúde e muitos petiscos...

;-)